Como cuidar de um gato



Talvez você ache que cuidar de um gato seja fácil. Por serem mais independentes que os cães, não é raro que algumas pessoas pensem desta forma, mas este é um grande engano! Os gatos são sim mais independentes que os cachorros, mas necessitam de alguns cuidados mais específicos e obviamente de muito amor e carinho, fatores universais.


Antes de ter um pet, é preciso analisar bem o tipo de vida que você possui, estar disposto a mudar alguns hábitos e adequar outros ao seu dia-a-dia. A primeira questão que você deve resolver é: prefiro um adulto ou filhote? Os dois demandam cuidados diferentes e isso deve ficar claro na sua mente. Gatos filhotes são mais dependentes e necessitam de atenção o tempo inteiro. Quando um filhote órfão é adotado, cuidados como alimentação devem ter atenção dobrada. Lembre-se: gatos filhotes são bem parecidos com crianças!


Diferentemente dos cães, os gatos não necessitam de caminhadas no parque, porém possuem bastante energia, que precisa ser gasta de forma adequada para a espécie.


Arranhadores, brinquedos e petiscos são ótimas opções para distrair os bichanos.


Cuidados indispensáveis com os gatos


Assim como os cachorros, os gatos necessitam de cuidados essenciais como vacinas, boa alimentação e estimulação para não se tornarem sedentários. O sedentarismo pode levá-los ao extremo estresse e desencadear diversos problemas.


Vacinas: Os gatos necessitam de vacinas para os proteger de diversas doenças que podem ser fatais. Além da anti-rábica que é obrigatória por lei, existem três tipos de vacinas para os gatos e apenas o médico veterinário saberá qual a melhor para cada caso. .

Alimentação: quando jovens, os gatos precisam receber o leite materno. Isso garantirá que sua imunidade seja melhor e mais efetiva. Após o desmame, pode ser introduzida a ração seca e úmida em sua alimentação. É importante frisar que gatos não podem comer ração para cachorro, pois esse tipo de alimentação não possui todos os nutrientes necessários para os felinos domésticos.

Brincadeiras: as brincadeiras também são indispensáveis. Brinquedos específicos como ratinhos e apontadores de laser, ou até mesmo bolinhas de papel, são uma boa opção. O importante é distraí-los e diverti-los!

Arranhadores: é necessário que seu gato tenha pelo menos um arranhador para afiar suas unhas. Caso não tenha esse utensílio, pode ser que ele procure objetos semelhantes, como o sofá, por exemplo. Talvez seja necessário cortar as unhas do seu gato caso elas estejam muito grandes.

Estes são os principais cuidados que se deve ter com um gato. Frisamos que a visita ao médico veterinário deve ser frequente.



AZEVEDO, Gabriela. Como cuidar de um gato. Petlove, 2019. Disponível em: < https://www.petlove.com.br/dicas/como-cuidar-de-um-gato>. Acesso em: 30 de julho de 2019.


Nossas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

Endereço

Rua Albion, 632 

Lapa​​, São Paulo

CEP 05077-130

Contato

(11) 3462-8243

sac@petstick.com.br

Funcionamento

Segunda a sexta das 8h as 17h

By Amanda Belucio Godoi

Gtrade Importação e Comércio LTDA. | CNPJ: 16.800.676/0001-08