Doenças comuns em cachorros: 5 das principais enfermidades para ficar de olho



Quando estamos doentes, precisamos contar o que estamos sentindo na hora de buscar ajuda, certo? Bom, nossos amigos peludos não conseguem nos explicar onde dói nem quando começou o problema. Por isso, cabe aos tutores conhecerem doenças comuns em cachorros e saberem como agir.


Pensando nisso, preparamos um guia com as principais enfermidades que acometem os cães e como lidar com esses problemas. Continue lendo para conhecer 5 das doenças mais comuns em cachorros!


Doenças de cachorro sintomas e tratamento


Todo tutor conhece bem seu filho de quatro patas. Ele sabe os hábitos, os gostos e as manias do animal. Esse é o primeiro passo para entender quando o pet está doente, pois o principal sinal é a mudança de comportamento. É importante saber que os cachorros manifestam dor de forma distinta.


Enquanto uns latem e choram, outros ficam apáticos e sem energia. Por isso, não espere sintomas mais graves como febre ou vômito. Outras condições como a cegueira canina requer atenção do movimento do cão pela casa. Se perceber que seu amigo peludo está diferente, o melhor é procurar um veterinário para uma avaliação completa de saúde.


5 – Parvovirose


A parvovirose é causada por um vírus e é extremamente contagiosa. Causa vômitos e diarreias e pode levar a um quadro sério de desidratação. É uma doença grave e uma das doenças de cachorros filhotes mais perigosas, já que esses pets ainda possuem imunidade frágil.


Em alguns casos, o vírus pode atacar o coração e causar miocardite, o que pode levar à morte. Apesar da parvovirose ser motivo de preocupação para muitos tutores, não há razão para medo. A vacina para cachorro polivalente, a primeira a ser dada nos pets, já protege contra a parvovirose.


4 – Câncer


Um dos problemas mais comuns em humanos também atinge os pets. Tecnicamente, o câncer recebe o nome de neoplasia e pode aparecer em diversas formas e em vários órgãos. Os mais comuns são os de pele, mama, intestino e fígado. Apesar de ser um problema grave, o tratamento para o câncer canino vem se desenvolvendo e, hoje, há alternativas para curar ou melhorar a vida do pet.


O diagnóstico precoce é essencial para aumentar as chances de cura. Como é difícil identificar os sinais da neoplasia, o recomendado é fazer visitas regulares ao veterinário, que poderá diagnosticar a doença e começar a terapia adequada.


3 – Alergias alimentares


As alergias alimentares podem causar muito incômodo para o pet. Elas ocorrem quando o cachorro é alérgico a um ou mais componentes da ração ou quando ele acidentalmente ingere um alimento perigoso para cães, como uvas ou chocolate. As alergias alimentares podem se manifestar no pet de diversas formas, por isso, é necessário ter atenção aos sintomas.


Problemas de pele, vômitos, diarreias, apatia, fraqueza e até irritação nos olhos podem ser sinais de alergia alimentar. Para acabar com o problema, muitas vezes, basta fazer uma troca de alimentação.


2 – Obesidade


Todos sabem que a obesidade é um dos grandes males do nosso século. Mas você sabia que esse problema também atinge nossos amigos peludos? Estudos indicam que, hoje, a obesidade acomete até 30% dos cães domésticos! E, apesar de um cachorro gordinho ser muito fofo, muitos quilinhos a mais podem causar sérias complicações de saúde aos pets.


Alguns exemplos são doenças de cachorro na pele, diabetes, artrite e doenças do coração. Controlar a obesidade não tem segredo: alimentação balanceada e exercícios! Apesar de parecer simples, é um trabalho diário que pode durar alguns meses. Mas seu filho de quatro patas com certeza vai agradecer o cuidado!


1 – Otite


Incômoda e desagradável, a otite é uma das doenças mais comuns em cachorros. A infecção de ouvido pode ter diferentes causas e graus de gravidade. As otites mais profundas são as internas, as intermediárias são chamadas médias, e as mais superficiais são conhecidas como otite externa.


São as externas que geram vermelhidão, coceira e aumento da secreção do ouvido. As médias e internas podem provocar dor e incoordenação. Elas podem ser causadas por bactérias, vírus ou ácaros. A boa notícia é que a grande maioria das otites são problemas simples e fáceis de tratar. Procure um veterinário para o diagnóstico e tratamento corretos.


O melhor é prevenir


Apesar dessas serem algumas das doenças comuns em cachorros, outros problemas podem atingir seu amigo, como a cinomose. Independentemente da enfermidade, um veterinário sempre deve ser consultado. Mas, como o melhor é prevenir, alguns cuidados básicos no dia a dia podem ser tomados:


Oferecer ração de qualidade;

Manter a carteirinha de vacinação em dia;

Aplicar todos os vermífugos;

Realizar exercícios diários,

Levar o pet ao veterinário regularmente.



Doenças comuns em cachorros: 5 das principais enfermidades para ficar de olho. Petz, 2019. Disponível em: < https://www.petz.com.br/blog/cachorros/doencas-comuns-em-cachorros/>. Acesso em: 19 de agosto de 2019.


Nossas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

Endereço

Rua Albion, 632 

Lapa​​, São Paulo

CEP 05077-130

Contato

(11) 3462-8243

sac@petstick.com.br

Funcionamento

Segunda a sexta das 8h as 17h

By Amanda Belucio Godoi

Gtrade Importação e Comércio LTDA. | CNPJ: 16.800.676/0001-08