Veja dicas de como proteger seu bichinho em blocos pet de Carnaval



"Ai, ai, ai, ai… tá chegando a hora”


Quem ama o Carnaval já começou a cantarolar marchinhas e outros hits de verão pra entrar no clima da época mais festeira do ano. E se você tem um pet que também curte uma bagunça e quer levar o bichinho pra curtir os dias de folia, acompanhe nossas dicas antes de sair por aí sassaricando.


Chegou a hora de falar sobre os blocos de rua específicos para pets, que estão cada vez mais populares. Mesmo que eles sejam voltados para o mundo animal, é necessário que cada pai e mãe de pet fiquem atentos aos detalhes e façam sua parte para que os dias de Carnaval sejam de muita diversão pra todo mundo, especialmente para os bichinhos.


Allah-lá-ô, mas que calor ô ô ô


A temperatura no mês de fevereiro costuma ser tão quente quanto do deserto do Saara, então evite sair com o seu pet entre 9h e 16h. Prefira os bloquinhos programados mais pro final do dia e, independentemente do horário, passe protetor solar no bichinho para evitar queimaduras.


Não fique dependente de encontrar água potável no local da festa e leve de casa o suficiente para manter o animal hidratado durante todo o período. Se seu cachorro for bem peludinho, que tal levá-lo para tosar e assim deixá-lo mais confortável pro Carnaval? “Corta o cabelo dele, corta o cabelo dele!”


Mais de mil palhaços no salão


Os blocos pet estão ganhando público a cada ano e muita aglomeração provavelmente deixará o seu filho de quatro patas bastante apreensivo e nervoso. Procure saber se aquele bloquinho que te chamou a atenção realmente será uma boa escolha e pesquise bem antes de bater o martelo.


No grande dia, observe de longe a movimentação antes de “se jogar” e perceba se a festa está realmente propícia para vocês curtirem sem riscos. Se ficar na dúvida, melhor não arriscar e buscar novas opções, afinal, o Carnaval dura alguns dias e só termina (para a maioria) na Quarta-feira de Cinzas.


ACORDA, MARIA BONITA!


Se você já sofre com o som alto dos carros de som, imagina só como vai ficar o seu pet que tem a audição muito mais privilegiada. Pode apostar que a inquietação do bichinho não será sinal de alegria e, sim, que vocês não estão numa distância razoável do alto-falante.


Os bichanos se incomodam bastante com a confusão de barulho ou aquele “volume no talo”. Curta a bagunça à uma distância segura, de modo que o som ambiente esteja dentro do aceitável. Uma dica é colocar algodão no ouvido do animal antes de sair de casa para abafar o som.


Cachaça não é água (e folia tem hora pra acabar)


Não exagere na empolgação. Lembre-se que os pets são eternas crianças e, assim como elas, a necessidade de descanso é diferente de um adulto.


Se você sabe o que acontece com quem esquece que cachaça não é água, deve entender muito bem o quanto é ruim obrigar o seu filho de quatro patas a maratonar na folia, quando na verdade o que mais ele queria era calmaria e descanso.


Lembre-se que o bichinho não pediu pra você levá-lo pra folia, então bom senso e zelo são fundamentais para entender as vontades do peludinho. Se você perceber que ele está desconfortável, com medo, agressivo ou muito cansado, leve-o para um lugar mais tranquilo para que ele fique bem.


De uma coisa é certa! A bruxa já prometeu que vem aí pra quem ignorar essas dicas e não cuidar bem do seu pet no Carnaval




Fonte: Veja dicas de como proteger seu bichinho em blocos pet de Carnaval. Petlove, 2020. Disponível em: <https://www.petlove.com.br/dicas/como-proteger-pet-blocos-pet-carnaval>.


Nossas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

Endereço

Rua Albion, 632 

Lapa​​, São Paulo

CEP 05077-130

Contato

(11) 3462-8243

sac@petstick.com.br

Funcionamento

Segunda a sexta das 8h as 17h

By Amanda Belucio Godoi

Gtrade Importação e Comércio LTDA. | CNPJ: 16.800.676/0001-08